Os Bichos

Animais Perdidos


Animais perdidos Adopte

Se o seu animal de estimação se perdeu ou fugiu temos todo o prazer em ajuda-lo na procura do mesmo. Para tal, envie-nos uma fotografia do animal , acompanhada do nº de identificação electrónica (no caso de a possuir) e o seu contacto para que a possamos divulgar no nosso site. Use o nosso formulário, clique aqui.

IDENTIFICAÇÃO ELECTRÓNICA

A identificação dos animais de companhia é essencial nos dominínios sanitário, jurídico e humanitário, pois visa tanto a defesa da saúde pública como animal.
Desde há 15 anos que se generalizou na Europa a identificação electrónica dos animais de companhia.
O microchip pode ser colocado em cães, gatos, cavalos, aves e animais exóticos. Tem como objectivo combater e prevenir o abandono e o roubo do seu animal.

O microchip deve ser colocado subcutaneamente na face lateral esquerda do pescoço, sendo o procedimento praticamente indolor. A cada microchip está associado um número de identificação, de leitura óptica inalterável e único no mundo. (inserir foto de microchip). Este tem o tamanho de um bago de arroz (12 mm/ 2 mm) e é revestido por uma capa de polipropileno bio-compatível que não provoca nenhum de reacção alérgica após colocação.
Após a aplicação do microchip este permanece no animal para toda a vida.

Com a entrada em vigor do Decreto-Lei nº 313/2003 de 17 de Dezembro de 2003 passou a ser obrigatória, a partir de Julho de 2004, a identificação por microchip de:

a) Cães de raça perigosa ou potencialamente perigosos, tal como definidos em legislação específica (Cão de Fila Brasileiro; Dogue Argentino;
Pit Bull Terrier; Rottweiler; Staffordshire Terrier Americano; Staffordshire Bul Terrier; Tosa Inu)

b) Cães utilizados em acto venatório (cães de caça);

c) Cães em exposição, para fins comerciais ou lucrativos, em estabelecimentos de venda, locais de criação, feiras e concursos, provas funcionais, publicidade ou fins similares.

Segundo o mesmo Decreto-Lei passou a ser obrigatória colocação de microchip a todos os animais canídeos nascidos depois de 1 de Julho de 2008. Sempre que seja declarada obrigatória a vacinação anti-rábica ou outros actos de profilaxia médica, estes não poderão ser executados enquanto o animal não estiver identificado electronicamente, nos casos em que esse modo de identificação seja obrigatório.

Adopte

Se procura um amigo de 4 patas para adopção podera encontar aqui o que procura.


No caso de ter animais para adopção e se necessitar de ajuda, contacte-nos.